Principal regata de vela oceânica do mundo, a Volvo Ocean Race está no Brasil. Na manhã deste domingo, os sete barcos que disputam a temporada 2014/2015 da competição navegam pelo Atlântico na altura da Bahia, ainda que a algumas centenas de quilômetros da costa – fora, portanto, do mar territorial brasileiro. Os três primeiros colocados aparecem na altura de Ilhéus, já rumando a leste, enquanto os demais se aproximam da latitude de Salvador.

No sábado, os sete barcos da Volvo Ocean Race passaram pelo território brasileiro, cruzando um ponto obrigatório em Fernando de Noronha. Eles largaram do porto de Alicante (Espanha), no último dia 11, e seguem rumo à Cidade do Cabo, na África do Sul, onde nova largada está prevista para 15 de novembro.

Nos próximos meses, a regata vai passar por Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), Sanya (China), Auckland (Austrália), Itajaí (Santa Catarina, Brasil), Newport (EUA), Lisboa (Portugal), Lorient (França) e Gotemburgo (Suécia). A previsão é que os barcos aportem no País entre abril e maio do ano que vem.

Por enquanto a liderança é do Abu Dhabi Ocean Racing, barco de bandeira árabe comandado pelo britânico Ian Walker. Na cola aparecem o Team Brunel (Holanda), liderado pelo local Bouwe Bekking, e o dinamarquês Team Vestas Wind, de Chris Nicholson (Austrália).

André Otto Fonseca, o Bochecha, atleta olímpico brasileiro na 49er, é um dos cabeças do Mapfre, por enquanto o sétimo e último colocado. O barco também tem Rafa Trujillo, espanhol que vinha sendo o treinador de Jorge Zarif na Finn.