Após a eliminação, nos pênaltis, da Copa Sul-Americana para o Coritiba, na última terça-feira, o Vitória tenta retomar a boa campanha em casa no Campeonato Brasileiro. Dos 22 pontos conquistados pela equipe na competição, na qual ocupa a nona colocação, 18 foram obtidos em Salvador, onde está invicta com cinco triunfos e três empates.

Neste domingo, às 16 horas, no estádio Barradão, o time tenta manter o retrospecto contra o Criciúma, pela 17.ª rodada. E o técnico Caio Júnior deve fazer mudanças na equipe para a partida. Convocados para o jogo, os recém-contratados Juan, lateral-esquerdo vindo do São Paulo, e Alemão, atacante que estava na Ponte Preta, podem começar o jogo.

Por outro lado, o treinador tem desfalques importantes no meio de campo. O meia argentino Escudero, que deveria voltar ao time na partida, após quatro rodadas afastado por contusão, por exemplo, foi pego no exame antidoping e está preventivamente suspenso por 30 dias.

Segundo a direção do clube, o meia usou um remédio contra sinusite antes da partida contra o São Paulo, no último dia 14 de julho, e a defesa do jogador já foi protocolada. Um pedido de efeito suspensivo também foi apresentado, mas o meia não poderá jogar neste domingo.

Além de Escudero, o meia Renato Cajá também estará fora da partida, mas por suspensão automática. Com as ausências, o técnico montou a equipe com três volantes e apenas um meia, Vander, no setor.