Os admiradores de Cristiano Ronaldo aproveitam a excepcional atuação do craque português diante da Suécia, marcando três gols e colocando sua seleção na Copa do Mundo, para defender a ideia de que ele é o melhor jogador do mundo. Nesta quinta-feira foi a vez de o técnico Carlo Ancelotti, que trabalha com Ronaldo no Real Madrid, reforçar a tese.

“Eu vi a partida contra a Suécia e me perguntei se é verdade que este jogador joga no Real Madrid. Agora é difícil de falar dele porque todo mundo vê que neste momento ele é o número um”, elogiou Ancelotti, em entrevista ao site do Real Madrid.

Depois de ser derrotado nos últimos quatro anos por Lionel Messi na eleição da Bola de Ouro da Fifa, Cristiano Ronaldo aparece com um dos favoritos para vencer em 2013. Ele se apoia exatamente neste discurso do treinador de que foi o melhor do ano, sem entrar no mérito de quem é melhor jogador: ele ou Messi. Em 2013 o argentino sofreu com lesões e foi menos decisivo do que em outros anos.

No Campeonato Espanhol, o Barcelona lidera com o Real Madrid em terceiro, mas Ancelotti está empolgado com o futebol da equipe. “Nas últimas partidas jogamos melhor. O elenco é muito bom e combina experiência, qualidade e entusiasmo. Podemos fazer uma grande temporada”, apostou o treinador.