O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, comentou hoje os boatos sobre a possível saída de Ronaldinho Gaúcho e disse que o jogador “pode ir embora” se estiver insatisfeito na equipe. “Não sei de nada, mas se ele (Ronaldinho Gaúcho) quiser, pode ir embora”, disse Ancelotti, que também é apontado pela imprensa italiana como um dos que podem se despedir da equipe no final da temporada.

Nas últimas semanas, o craque brasileiro vem mostrando insatisfação com o técnico italiano, desde que perdeu espaço no time titular do Milan e amargou o banco de reservas em diversas partidas do Campeonato Italiano.

O irmão e empresário de Ronaldinho, Roberto de Assis Moreira, descartou recentemente a possibilidade de que o jogador retorne ao futebol brasileiro, mas deixou a porta aberta para o Manchester City, de Robinho e Elano, que já havia tentado contratar o jogador no ano passado.

O clube inglês, que foi comprado em 2008 pelo consórcio bilionário Abu Dhabi United Group, dos Emirados Árabes, já gastou mais de £100 milhões (R$315 milhões) para reforçar a equipe nesta temporada.