O técnico Cuca recebeu uma boa notícia nesta sexta-feira. O zagueiro Réver, que corria o risco de se tornar desfalque para o jogo deste sábado contra o Avaí, foi julgado pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e punido com apenas um jogo de suspensão (já cumprido) pela expulsão na partida contra o Corinthians. Com o defensor à disposição, o treinador vai poder repetir a equipe que venceu o Atlético-PR na quarta-feira.

Réver destaca a importância de aproveitar a força da torcida na Arena do Jacaré. Os dois próximos jogos em casa são contra adversários diretos contra o rebaixamento: o Avaí, neste sábado, e o Bahia, no outro domingo. “Estamos cientes de que esses primeiros jogos (do segundo turno) são fundamentais, considerando que são jogos de seis pontos. Temos que estar atentos do início ao fim para não perder pontos”, avalia.

O defensor reconhece o bom momento do adversário, que vem de duas vitórias importantes, sobre o arquirrival Figueirense, na casa do adversário, e sobre o então vice-líder Flamengo. “O Avaí está numa crescente boa e temos que ter um cuidado especial com a equipe deles, que acaba sendo traiçoeira, principalmente fora de casa”, acrescenta.

Mesmo sabendo que o título já é praticamente impossível, Réver ainda sonha com um segundo turno que não frustre a torcida, tal qual o primeiro. “Estamos no momento de reencontrarmos o caminho das vitórias para poder subir na tabela. Então, vamos procurar fazer um bom jogo e conquistar os três pontos para tentar dar um pouco de alegria aos torcedores no restante do Campeonato Brasileiro”, disse o jogador.