O sueco Robin Soderling fez a sua parte nesta segunda-feira para garantir o reencontro com o suíço Roger Federer, a quem eliminou neste ano em Roland Garros. Pelas oitavas de final do US Open, o quinto favorito do Grand Slam nova-iorquino venceu de virada o espanhol Albert Montañes, por 3 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3, 6/2 e 6/3, em 2h15 de jogo.

Atual número 5 do mundo, Soderling sofreu apenas uma quebra na partida, justamente no primeiro set. Depois da derrota na parcial, o sueco conseguiu encaixar bem o seu saque diante do 21.º favorito do torneio. Além de um aproveitamento de 85% no primeiro serviço, o tenista da Suécia anotou 15 aces, contra nove de Montañes.

Agora, Soderling espera nas quartas por Federer, que ainda joga nesta segunda contra o austríaco Jurgen Melzer, 13.º cabeça de chave. Segundo favorito no piso duro de Nova York, o suíço foi surpreendido pelo sueco no Grand Glam francês. A vitória foi a primeira de Soderling sobre Federer, que já havia batido o rival por 12 vezes.

Pelo próprio US Open, os tenistas se enfrentaram uma única vez. No ano passado, também pelas quartas, Federer bateu Soderling por 3 sets a 1 e depois avançou à final, na qual viu o argentino Juan Martin del Potro interromper a sua sequência de cinco títulos consecutivos pelo torneio.