A norte-americana Serena Williams e a belga Justine Henin confirmaram o favoritismo anunciado antes das semifinais e garantiram, nesta quinta-feira, uma vaga na final do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano.

Líder do ranking mundial, Serena sofreu para superar a chinesa Na Li por 2 sets a 0, com duplo 7/6. A tenista precisou jogar dois tie-breaks, vencendo o primeiro por 7/4 e o segundo por 7/1, na partida que durou duas horas e dois minutos.

Já Justine Henin, que retornou com força ao circuito profissional recentemente depois de adiar a sua aposentadoria e entrou no Aberto da Austrália como convidada, pois não tinha ranking para figurar na chave principal, arrasou a também chinesa Jie Zheng por 2 sets a 0, com 6/1 e 6/0.

A esperada final entre Serena e Henin será disputada no próximo sábado, às 6h30 (de Brasília), e colocará à prova o equilíbrio exibido no retrospecto geral do confronto. Em 13 duelos, a norte-americana ganhou sete e perdeu seis. Serena buscará o seu quinto título do Aberto da Austrália, enquanto Henin vai atrás do bicampeonato.