Cerca de 2.000 torcedores receberam com aplausos e gritos a entrada da seleção brasileira no gramado do Morumbi, palco do amistoso de amanhã contra a África do Sul, às 15h45.

Os torcedores -muitos com a camisa da seleção e do São Paulo- estão agrupados no anel intermediário do estádio, cuja entrada para o treino da tarde de hoje é gratuita. Até a noite de ontem, 32 mil ingressos haviam sido vendidos para a partida.

Os jogadores retribuíram com acenos e ganharam gritos de “Brasil, Brasil”.

O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, mostrou hoje o time que vai enfrentar a África do Sul.

Num treino aberto para o público, Mano armou o time com Diego Alves; Daniel Alves, Dedé, David Luiz e Marcelo; Rômulo, Ramires e Oscar; Lucas, Leandro Damião e Oscar.

Daniel Alves e Sandro, que não haviam treinado com o time durante a semana, participaram hoje normalmente da atividade -o primeiro no time titular, o outro no reserva.

Um pequeno grupo de torcedores aproveitou para pegar no pé de Mano Menezes e de Neymar. O técnico foi chamado de “burro”, e o atacante, de “pipoqueiro”. Mano deu atenção especial ao ensaio de jogadas de bola parada.

Os ingressos para o jogo de amanhã custam entre R$ 80 e R$ 300.