enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Rexona vence e está na semifinal

  • Por Redação O Estado Do Paraná

O Rexona recebeu o Açúcar União São Caetano na tarde de ontem em Curitiba e quase foi surpreendido pelo visitante, na terceira e última partida dos playoffs das quartas-de-final da Superliga. Numa partida emocionante, o time paranaense levou a melhor e derrotou as paulistas por 3 sets a 2 (31/29, 17/25, 25/22, 23/25 e 20/18). A vitória garantiu a participação do Rexona nas semifinais, onde terá pela frente o já classificado BCN/Osasco.

O primeiro set deu uma idéia da disputa que estava por vir. Mostrando um desempenho de alto nível, a definição foi no número de erros. O Rexona falhou seis vezes, enquanto o União cedeu 10 pontos: 31 x 29.

No set seguinte, o Rexona levou um grande susto. Quando o placar apontava 9 x 6 para o Rexona, um acidente na quadra abalou a equipe. Num lance de jogo, a atacante Sassá e a líbero Daniela se chocaram de cabeça fortemente num contra-ataque. O jogo foi interrompido e a comissão técnica se dividiu entre acompanhar a partida e cuidar das atletas que ficaram sob observação do médico Álvaro Chameki, que as encaminhou ao hospital. A partida prosseguiu, mas a partir daquele momento, o Rexona parou em quadra. Abaladas, as jogadoras emendaram uma seqüência de erros, permitindo a vitória do São Caetano.

As donas da casa reagiram no terceiro set. Com 15 pontos de ataque, quatro de bloqueio, dois de saque e quatro em erros do adversário, o Rexona venceu a parcial.

O equilíbrio voltou no quarto set. No bloqueio, os dois times somaram seis pontos. O ataque também foi bem parecido, com 11 pontos para o Rexona e 12 para o adversário. O Açúcar União São Caetano errou seis vezes contra cinco do Rexona. Em compensação, as paulistas marcaram dois aces, conseguindo levar a partida para o quinto set. No tie-break decisivo, o bloqueio do Rexona, com quatro pontos, foi fundamental para que a equipe fechasse o set em 20 x 18 e a partida em 3 sets a 2.

No final da partida, o técnico do Rexona, Helio Griner, desabafou e definiu como um “roteiro de tragédia” o que aconteceu no confronto de ontem. “Vencemos o primeiro set. No seguinte, aconteceu o acidente com a Sassá e a Daniela. A Sassá saiu carregada. Quando fui conversar com a Daniela, ela estava meio atônita. Fiquei assustado assim como todas as outras jogadoras”, contou Griner que pôs Juliana no lugar de Sassá e improvisou Flávia como líbero. “Fomos bem no terceiro set, mas erramos muito no quarto. Já o tie-break pôde ser resumido com muita emoção e superação do Rexona”, completou Griner.

Sassá e Daniela foram submetidas a uma tomografia e liberadas logo em seguida.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas