Em um caso curioso envolvendo uma das principais estrelas do futebol da Alemanha, o meia-atacante Marco Reus, do Borussia Dortmund, foi punido com uma multa de 540 mil euros (cerca de R$ 1,8 milhão) por ter sido flagrado por repetidas vezes dirigindo sem carteira de habilitação. Um tribunal alemão resolveu aplicar esta pesada sanção pelo fato de que o jogador foi pego em seis oportunidades, entre setembro de 2011 e março deste ano, guiando sem a licença obrigatória.

Afastado dos gramados atualmente por causa de uma lesão no tornozelo, Reus admitiu, em entrevista ao jornal alemão Bild, que foi “muito ingênuo e estúpido” pela sua atitude e prometeu que “algo assim não voltará a acontecer”.

Antes de receber uma sanção mais pesada, Reus já havia sido multado por cinco vezes por dirigir sem habilitação, isso depois de a polícia alemã constatar, em um controle de rotina, que ele não tinha a licença obrigatória.

Multado, Reus disse que pagará os 540 mil euros “imediatamente” e garantiu que “aprendeu a lição”. O atleta ainda admitiu que nunca teve a habilitação necessária para guiar carros de forma legal em seu país. “Aos 18 anos, me matriculei em uma escola de condução e assisti às aulas. Mas no final e não fiz o exame. Foi uma decisão tomada e hoje nem mesmo sei as razões para ter tomado essa decisão”, disse.

O técnico do Borussia Dortmund, Juergen Klopp, também se manifestou sobre a punição recebida por Reus, dizendo que o atleta admitiu ter cometido “um grande erro”. “Ele tomou um rumo errado em algum conto, mas tudo está de volta ao normal agora. Ele é um grande cara, que cometeu um erro”, disse o treinador, nesta quinta-feira, em entrevista coletiva.

Estrela do Borussia, Reus também viveu outra grande decepção em sua vida neste ano ao ficar fora da Copa do Mundo por causa de uma outra lesão no tornozelo, sofrida no último amistoso de preparação para a competição realizada no Brasil.