O técnico Paulo César Carpegiani parece mesmo estar na corda bamba. Afinal, a série atleticana de três jogos sem vitória anda tirando o sono de conselheiros e diretores do Furacão.

De acordo com o planejamento, era para o clube estar pelo menos entre os dez primeiros do Brasileirão 2010. O Rubro-Negro, porém, voltou para a zona de rebaixamento.

A manutenção de Carpa no comando técnico rubro-negro deve depender do resultado de domingo, na Arena da Baixada, contra o Flamengo. Questionado sobre a permanência do comandante, o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Gláucio Geara, ressaltou: “Tem que ter paciência”. Na sequência, ainda assim, o dirigente completou: “Não temos mais tempo a perder”.

Os resultados adversos não são o único motivo para a dispensa do técnico. Pesa contra ele o fato de não conseguir montar uma equipe competitiva mesmo com os 11 reforços que a diretoria colocou a sua disposição nas últimas semanas. Além disso causa apreensão o fato de treinar com um time e escalar outro – que às vezes nunca treinou – na hora de entrar em campo.

Na reunião da diretoria do Atlético que acontece todas as noites de segundas-feiras, nada de novo quanto a isso. A assessoria de imprensa do Furacão afirmou que o encontro foi de curta duração e sem maiores resoluções.

Empréstimo

O zagueiro Gustavo Lazzareti, um dos destaques negativos do jogo contra o Palmeiras no último sábado, acertou o empréstimo com o Sport até o final do ano. Gustavo será comandado por Geninho no clube pernambucano. Os dois trabalharam juntos no Atlético em 2008.

Reapresentação

Na volta ao trabalho no CT do Caju, nenhuma ausência por contusão. Além disso, o volante Vítor, que não viajou para São Paulo, está 100% recuperado e deve voltar ao time titular para enfrentar o Flamengo, no domingo. Leandro, por conta do terceiro cartão amarelo, é o desfalque certo em relação ao time que jogou sábado no Pacaembu.

Alex Mineiro

O atacante segue em trabalho separado no departamento médico e a reunião entre a diretoria e seu procurador ainda não foi marcada. Não se sabe se o conteúdo deste encontro será para discutir a punição pela indisciplina do atleta na semana passada ou se é para tratar da rescisão de contrato. Alex Mineiro não apareceu para fazer fisioterapia na terça passada.