No próximo domingo (2), às 16h, na Arena, Athletico e Coritiba começam a decidir o título do Campeonato Paranaense 2020. Na primeira fase, o Coxa teve a melhor campanha, enquanto o Furacão, mesclando time principal e aspirantes, ficou em terceiro.

No único confronto entre os dois no ano, o Alviverde levou a melhor e goleou a garotada do Furacão por 4×0, no Couto Pereira, no último jogo antes da paralisação do futebol.

+ Saiba como assistir ao vivo na TV o primeiro duelo da final

Mas comparando jogador por jogador em cada posição, quem é melhor? Confira:

Santos x Alex Muralha – Vitória de Santos

Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

De volta após lesão, Santos retornou com tudo, pegando até pênalti contra o Londrina e sofrendo apenas dois gols em quatro partida. Já Muralha ficou fora das quartas de final ainda se recuperando do quadro positivo do coronavírus e retomou a posição de Wilson, mas fica abaixo do arqueiro atleticano, que até então vinha sendo convocado para a seleção brasileira por Tite.

Jonathan x Patrick Vieira – vitória de Patrick Vieira

Foto: Divulgação/Coritiba

Titular nos últimos três jogos do Coxa, Patrick Vieira já fez gol e deu assistência nessa retomada do Campeonato Paranaense, se firmando na posição. Do outro lado, Jonathan só será titular pelo fato de Erick ter se lesionado e não ter condições de jogo.

Lucas Halter x Sabino – vitória de Sabino

Foto: Divulgação/Coritiba

Lucas Halter herdou a vaga de titular que era de Robson Bambu, vendido pelo Furacão para o Nice, da França, e vem tendo atuações regulares, mas Sabino virou o dono da defesa alviverde, vem jogando de forma segura e virou uma espécie de líder do elenco.

Thiago Heleno x Rhodolfo – vitória de Rhodolfo

Foto: Gabriel Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

O duelo mais duro da defesa. Thiago Heleno já mostrou suas qualidades, é titular inquestionável da defesa do Athletico e principal nome do setor do time. Mas Rhodolfo se encaixou bem no Coritiba, corrigiu algumas falhas da posição e também vem se mostrando importante no ataque.

Abner Vinícius x William Matheus – vitória de William Matheus

Foto: Divulgação/Coritiba

Abner Vinícius atualmente é a terceira opção na lateral-esquerda do Furacão. O titular Márcio Azevedo testou positivo para o coronavírus e o reserva imediato Adriano foi expulso na semifinal e está suspenso. Com isso, o garoto ganha uma oportunidade, mas está abaixo de William Matheus, que vem fazendo um bom Paranaense pelo Coritiba e foi decisivo na semifinal, com dois gols marcados contra o Cianorte.

Wellington x Nathan Silva – vitória de Wellington

Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Experiente, Wellington é um dos líderes do grupo do Furacão, vem mantendo uma regularidade e sendo fundamental na organização do sistema defensivo. Nathan Silva foi contratado este ano pelo Alviverde e se firmou na equipe, mas ainda não mostrou todo o potencial que tem.

Léo Cittadini x Gabriel – vitória de Léo Cittadini

Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Léo Cittadini é uma das principais peças do Furacão. Além de armar jogadas e organizar o meio-campo, também aparece mais à frente para finalizar. Gabriel sofreu com uma lesão antes da parada e, aos poucos, vai se firmando no Alviverde, mas não teve atuações como o concorrente.

Marquinhos Gabriel x Thiago Lopes – vitória de Marquinhos Gabriel

Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Marquinhos Gabriel era reserva antes da paralisação. Só ganhou uma vaga com a ida de Erick para a lateral-direita e agarrou com unhas e dentes. Com gols e assistências, vem se destacando. Já Thiago Lopes ainda oscila dentro das partidas, tanto que é substituído com frequência.

Carlos Eduardo x Rafinha – vitória de Rafinha

Foto: Divulgação/Coritiba

Carlos Eduardo caiu de rendimento após a parada do futebol, enquanto Rafinha vem sendo um dos principais jogadores do Coritiba ao longo de toda a temporada.

Nikão x Robson – vitória de Nikão

Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Nikão é o melhor jogador deste Campeonato Paranaense. Vem carregando o Athletico muitas vezes na temporada e cresceu seu futebol nos últimos jogos. O que não desvaloriza o desempenho de Robson, artilheiro do Coxa na competição e uma arma ofensiva. Mas, no confronto direito, o camisa 11 atleticano sai na frente.

Bissoli x Igor Jesus – vitória de Bissoli

Foto: Gabriel Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Bissoli é o artilheiro do Athletico na temporada, com sete gols, e vem sendo decisivo. Só na volta do futebol foram quatro, o que o colocou na artilharia do Paranaense. Igor Jesus ganhou a posição de Sassá e foi importante nas quartas contra o Paraná, mas está abaixo do concorrente.

Placar final: Athletico 6×5 Coritiba

+ Mais da dupla Atletiba:

+ Lucho González pode fazer história se Athletico ficar com título do Paranaense
+ Coritiba confirma Neílton como primeiro reforço pro Brasileirão
+ Athletico e Coritiba farão 19ª final de Paranaense; Relembre anteriores

+ Dorival Júnior destaca novidades do Athletico
+ Barroca quer Coritiba com a mesma atitude do clássico da primeira fase


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?