Portugal fez bem a lição de casa nesta quarta-feira mesmo sem Cristiano Ronaldo, lesionado, derrotou Malta com tranquilidade por 4 a 0 em Guimarães e se garantiu na repescagem das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo, após terminar o Grupo 1 em segundo lugar com 19 pontos. A Dinamarca já estava classificada com 21.

Precisando da vitória para não depender da Suécia, que venceu a Albânia por 4 a 1 e mesmo assim foi eliminada, a seleção portuguesa iniciou a partida no ataque e abriu o placar com Nani, aos 14 do primeiro tempo. O gol que trouxe tranquilidade ainda maior veio nos acréscimos da etapa inicial, com Simão.

Praticamente garantido na repescagem, Portugal iniciou tocando a bola no segundo tempo e logo ampliou com Miguel Veloso, aos sete. E novamente nos acréscimos, Edinho completou a goleada.

A classificação para a repescagem foi muito comemorada pelos portugueses, que estavam na quarta colocação há três rodadas e pareciam ter uma missão impossível pela frente. Mas duas vitórias seguidas sobre a Hungria, além de Malta, mudaram o panorama e garantiram Portugal na repescagem.

Na terceira colocação da chave, a Suécia precisava vencer a Albânia e torcer por um tropeço da seleção portuguesa. Os suecos fizeram sua parte e venceram por 4 a 1, com dois gols de Mellberg e dois de Svensson, mas terminaram em terceiro com 18 pontos.

Já garantida como primeira da chave e na Copa do Mundo, a Dinamarca foi surpreendida em casa pela Hungria e perdeu por 1 a 0, com gol marcado ainda no primeiro tempo por Buzsaky. Os húngaros foram a 16 pontos e terminaram em quarto do grupo, enquanto os dinamarqueses mantiveram os 21.