A CBF anunciou na manhã deste domingo que todos os dez jogos da última rodada do Campeonato Brasileiro serão precedidos de um minuto de silêncio em homenagem a Sócrates. O ex-jogador faleceu nesta madrugada, aos 57 anos, por conta de uma infecção generalizada.

O anúncio da homenagem foi acompanhado de uma nota de pesar da entidade, em que o presidente Ricardo Teixeira fez elogios ao ex-atleta. “O presidente Ricardo Teixeira, em nome dos diretores e funcionários da CBF, manifesta pesar pela morte de Sócrates, capitão da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982”, disse em nota, a CBF.

A entidade destacou a passagem de Sócrates pela seleção brasileira na década de 80. “Considerado um dos jogadores mais brilhantes da história da seleção brasileira, Sócrates defendeu o Brasil nas Copas do Mundo de 1982 e 1986 e também foi ídolo do Corinthians. Ao todo foram 63 jogos e 25 gols vestindo a camisa amarelinha”.

ENTERRO – O corpo de Sócrates será enterrado na tarde deste domingo, por volta das 15 horas, antes do início da última rodada do Campeonato Brasileiro, às 17 horas, em Ribeirão Preto (SP). Não haverá velório.