A Ponte Preta continua imbatível atuando em Campinas pela Série B do Campeonato Brasileiro. Atuando na noite desta terça-feira, venceu o Barueri, por 2 a 0, pela quinta rodada. Essa foi a terceira vitória da equipe na competição e todas foram conquistadas como mandante, o que deixa o time com 100% de aproveitamento no Moisés Lucarelli. Ricardo Jesus, artilheiro da Série B com cinco gols, e Douglas, contra, foram os autores dos gols do jogo.

Dessa maneira, a Ponte Preta chega aos 10 pontos e assume provisoriamente a primeira colocação da Série B, por ter melhor saldo de gols (8 a 4) do que o Paraná, vice-líder no momento. Já o Barueri aparece com somente quatro pontos, na 17.ª colocação, dentro da zona de rebaixamento e chegando a seu terceiro jogo sem vitória.

Repetindo o que fez nos dois primeiros jogos em Campinas, a Ponte Preta começou arrasadora no primeiro tempo e conseguiu abrir vantagem para administrar mais uma vitória. Aos 5 minutos, Uendel cruzou do lado esquerdo e Ricardo Jesus desviou de cabeça na entrada da pequena área para abrir o placar.

Nove minutos depois, a Ponte Preta ampliou. Uendel invadiu a área pelo lado esquerdo e chutou cruzado. O zagueiro Douglas tentou cortar e acabou marcando gol contra, para alegria dos torcedores campineiros.

No segundo tempo, a Ponte Preta voltou desligada e viu o Barueri ameaçar bastante, porém, o time da Grande São Paulo não conseguiu passar pela excelente marcação campineira. O time da casa, por sua vez, teve chances de fazer mais gols, mas o ataque perdeu inúmeras chances.

A Ponte Preta volta a campo no sábado, quando encara o Duque de Caxias, em Mesquita, no Rio. No mesmo dia, o Barueri encara o ASA, na Arena Barueri.

FICHA TÉCNICA:

Ponte Preta 2 x 0 Barueri

Ponte Preta – Júlio César; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel (João Paulo); Xaves, João, Josimar e Renatinho; Ricardinho (Gerson) e Ricardo Jesus (Soares). Técnico – Gilson Kleina.

Grêmio Barueri – Juninho; Saldanha (Juan), Alex Lima, Douglas e Zé Carlos (Willian Henrique); Anselmo, Alê, Ademir Sopa e Alex Maranhão (Bebeto); Marcelinho e Pedrão. Técnico – Sérgio Soares.

Gols Ricardo Jesus, aos 5, e Douglas (contra), aos 14 minutos do primeiro tempo.

Árbitro – Rodrigo Braghetto (SP).

Cartões amarelos – Alex Lima, Josimar, Anselmo, Bebeto, Xaves, Ferrón e Willian Henrique.

Renda – R$ 22.653,00.

Público – 2.898 pagantes.

Local – Estádio Moisés Lucarelli , em Campinas.