enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Confusão

PM vê despreparo em empresa de segurança na Arena

Funcionários substituiram os policiais no jogo tumultuado em Joinville

A Polícia Militar de Santa Catarina criticou a empresa que fez segurança da partida entre Atlético e Vasco, domingo, na Arena Joinville. Para a PM, faltou preparo aos profissionais de segurança que substituíram os policiais no jogo que decretou o rebaixamento do time carioca à segunda divisão.

“Se tivesse sido observado desde o início que havia alguma tensão entre os torcedores, a PM poderia ter sido solicitada para que entrasse no estádio. O cordão de isolamento colocado pela empresa privada, entre as torcidas, era distante. Os torcedores furaram e correram em direção para a outra torcida. O ideal nestes casos é que a empresa que fez a segurança do evento fosse mais bem preparada”, disse a coronel Claudete Lehmkuhl, porta-voz do Comando Geral da PM de SC, à rádio Estadão.

A coronel destaca, porém, há bons exemplos de atuação de empresas privadas em estádios de futebol. “Tivemos todo a Copa das Confederações realizada dessa maneira. Não houve incidente dentro do campo. É do entendimento da Fifa e da CBF que esses eventos devem ser realizados com segurança privada.. Aqui no Brasil ainda temos o entendimento de que deve ser realizado pelas polícias militares”, afirmou.

Na sua avaliação, o futebol brasileiro deve passar por um período de transição caso fique definido que a PM não deva mais entrar nos estádios. As empresas de segurança, avalia, devem se preparar melhor para eventuais distúrbios das torcidas. “Acredito que deva haver um período de transição. O que se observou era que a empresa de segurança privada não estava preparada. Não soube agir e nem se preparar para situações de confronto”, disse.

Confira a galeria de fotos e ajude a identificar os torcedores-marginais envolvidos na confusão.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

17 Comentários em "PM vê despreparo em empresa de segurança na Arena"


ramiro williams
ramiro williams
5 anos 2 meses atrás

Craudete tome cuidado. Se continuarem abstendo-se de funções importantes da segurança e empurrando pra outros órgãos e empresas privadas logo a sociedade percebe que suas presenças não faz falta e daí já elvis. Não fale asneiras tipo o Morerão.

ramiro williams
ramiro williams
5 anos 2 meses atrás

Um dos impulsionadores dessa violência são as lutas do UFC, Jungle Fight e outros diabos. Essa galera de imbecis quer por em prática o que assiste e pratica nas academias fundo de quintal que utilizam essas porcarias. Violência, álcool e ignorância!!

ramiro williams
ramiro williams
5 anos 2 meses atrás

Criticar é fácil! Empresa privada não pode usar armamento como a PM que entrou atirando com balas de borracha, gás e efeito moral. Nem mesmo a violência é permitida, pois trabalham com pessoas e não com os animais que se degladiaram. Omissos pedantes

Marcelo Luz
Marcelo Luz
5 anos 2 meses atrás

Time de bandidos, como o patrão deles, o Cel. Metralha, quando não estão embolsando dinheiro do povo para construir um estádio que fica mais caro a cada dia que passa estão cometendo todos os tipos de crimes em estádios e fora deles!

Carlos Montagner
Carlos Montagner
5 anos 2 meses atrás

Márcio, o pedido da torcida coxa é outro: grita a palavra C-A-M-P-E-Ã-O!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas