enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Platini vê briga mais dura da história pela Bola de Ouro

O presidente da Uefa, Michel Platini, afirmou que a escolha entre Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Franck Ribéry pela Bola de Ouro da Fifa, que elegerá o melhor jogador do mundo em 2013, “é a mais difícil da história do troféu”. A entidade que comanda o futebol mundial ainda não anunciou os finalistas derradeiros ao prêmio, o que ocorrerá na próxima segunda-feira, mas o dirigente aposta que estes três nomes são os grandes favoritos na luta pela honraria.

Em entrevista ao jornal espanhol AS, publicada nesta terça-feira, o ex-jogador da seleção francesa também brincou com o fato de a Fifa ter decidido estender o período de votação da Bola de Ouro em duas semanas, até 29 de novembro, fato que para ele acabou beneficiando Cristiano Ronaldo. Neste intervalo de tempo, o astro do Real Madrid foi decisivo para Portugal na repescagem das Eliminatórias Europeias da Copa de 2014, marcando quatro gols em dois jogos diante da Suécia.

“Isso aconteceu coincidentemente com Portugal alcançando a Copa do Mundo graças a três gols de Ronaldo. Pode ser que a Fifa o tenha feito para agradar Cristiano”, disse Platini, deixando escapar um sorriso, ao se referir ao jogo de volta diante dos suecos, que terminou em 3 a 2 para os portugueses, fora de casa. Antes disso, na partida de ida, o atacante também assegurou o triunfo de 1 a 0 para a sua seleção.

Platini também lembrou que Ribéry, embora seja bem menos badalado que Messi e Cristiano Ronaldo, foi muito vitorioso com a camisa do Bayern de Munique na temporada passada do futebol europeu. “Parece que os favoritos são Cristiano Ronaldo, Messi e Ribéry. Os dois primeiros são muito bons, e Ribéry é o que ganha tudo. São três grandes jogadores. A eleição da Bola de Ouro este ano é a mais difícil da história do troféu”, apontou.

Para completar, o presidente da Uefa ainda disse que um espanhol, como por exemplo Iniesta ou Xavi, deveria ter faturado o prêmio de melhor jogador do mundo em 2010, ano em que a Espanha se sagrou campeã mundial na Copa realizada na África do Sul. Naquela ocasião, a Bola de Ouro acabou ficando com Messi. O grande vencedor de 2013 será conhecido em 13 de janeiro, em cerimônia realizada pela Fifa.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas