Belo Horizonte – O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mineira de Futebol (FMF) manteve a suspensão de 120 dias imposta ao goleiro Eduardo, do Atlético-MG e reduziu a pena do zagueiro Cris, do Cruzeiro, de 270 para 180 dias. Os atletas foram punidos pela briga no final do Campeonato Mineiro, no dia 18 de abril, e vinham atuando por meio de um efeito suspensivo, julgado na noite de ontem.

O advogado do Cruzeiro, Obregon Gonçalves, anunciou que entraria ontem mesmo com um recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, solicitando um novo efeito suspensivo para o zagueiro. Nesse caso, Cris poderá enfrentar o Atlético-PR, no domingo, em Curitiba.