Foi no sufoco, mas o Paraná Clube venceu a Ponte Preta por 2×1 nesta terça-feira (1º), na Vila Capanema pela sétima rodada da Série B. O Tricolor saiu na frente com gol de Renan Bressan logo aos 2 minutos de jogo, na sequência sofreu o empate, mas no final, graças a um gol contra, somou os três pontos.

Com o resultado, o time paranista soma 14 pontos e assumiu a vice-liderança, atrás do Cuiabá apenas no saldo de gols.

O próximo compromisso será na sexta-feira (4), diante do Figueirense, no Orlando Scarpelli, às 19h15.

+ Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Para o jogo, o técnico Allan Aal preparou duas novidades. O meia-atacante Guilherme Biteco e o atacante Marcelo começaram entre os titulares. Eles ocuparam as vagas de Andrey e Gabriel Pires, poupados. Biteco não começava entre os 11 iniciais desde agosto de 2018, quando o Paraná disputava a Série A.

O duelo começou na pressão a favor da equipe paranista. Aos dois minutos, Paulo Henrique roubou a bola do adversário e passou para Higor Meritão, que mandou para Renan Bressan. O meia escolheu o canto, chutou e balançou as redes.

Paraná saiu na frente, mas cedeu empate pra Ponte logo depois. Duelo foi truncado, até o gol contra no final Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

O Tricolor comandou a partida nos primeiros minutos, mas uma bola aérea mudou o panorama da primeira etapa. João Paulo lançou na área e Guilherme Peixoto subiu mais que a defesa paranista e mandou, de cabeça, para o fundo da meta de Alisson.

Autor do gol, Renan Bressan precisou deixar o gramado logo aos 27 minutos, com dores na coxa. Michel entrou no lugar do camisa 10, mas o Paraná não conseguiu se organizar. Até o fim da primeira etapa os donos da casa sofreram e apenas impediram a virada.

+ Confira a classificação completa da Série B!

No segundo tempo, o Tricolor sofreu para criar oportunidades de gol e viu a Ponte buscar a virada na maior parte do tempo. A melhor chance foi com Fabrício, em cobrança de falta, aos 28. O zagueiro mandou uma bola forte rasteira que passou muito perto da trave esquerda de Ivan.

Sem efetividade, o Paraná parecia que ficaria mais uma vez no empate na Vila, mas, no final, aos 43, Paulo Henrique cruzou na área e Luizão, ao tentar cortar, mandou para a própria meta, garantindo os três pontos para os donos da casa.

Gol contra no final garantiu a vitória paranista. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Ficha técnica

Série B
7ª Rodada

PARANÁ 2×1 PONTE PRETA

Paraná: Alisson, Paulo Henrique, Thales, Fabrício e Jean Victor; Jean Victor; Jhony Douglas, Higor Meritão (Karl) e Renan Bressan (Michel); Marcelo (Andrey), Guilherme Biteco (Gabriel Pires) e Bruno Gomes.
Técnico: Allan Aal

Ponte Preta: Ivan; Apodi, Luizão, Alisson e Guilherme Lazaroni; Luis Oyama (Danrley), Neto Moura (Dawhan), Guilherme Pato (Papa Faye) e João Paulo; Moisés (Yuri) e Matheus Peixoto (Ernandes).
Técnico: João Brigatti

Local: Vila Capanema (Curitiba-PR)
Árbitro: Diego da Costa Cidral (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Gols: Renan Bressan, 2, e Matheus Peixoto, 15 do 1º; Luizão (contra), 42 do 2º
Cartões amarelos: Renan Bressan, Fabrício, Bruno Gomes e Thales (PAR); Luis Oyama e João Paulo (PON)


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?