A fase do Paraná Clube realmente não é boa. Pela terceira rodada seguida o Tricolor encarou um time da zona de rebaixamento e não conseguiu vencer. O tropeço da vez foi contra o São Bento. Na manhã deste sábado (17) o time paranista chegou a sair na frente, com um golaço de Fernando Neto, mas não teve uma boa atuação e perdeu de virada por 2×1 em Sorocaba.

Com o resultado, a equipe emplacou seu quinto jogo consecutivo sem ganhar na Série B, somando apenas um ponto neste período, e está na nona posição, com 23 pontos, três a menos que a Ponte Preta, que fecha o G4. Na próxima rodada, o confronto é contra o Atlético-GO, terceiro colocado, na terça-feira (20), às 20h30, na Vila Capanema.

+ Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

O Paraná Clube começou o jogo com um pouco de sono. Perdido em campo, o Tricolor foi facilmente dominado pelo São Bento, que era quem tinha a posse de bola e partia para cima. Porém, sem finalizar tanto a gol.

Aos seis minutos, o ex-paranista Caio Rangel bateu cruzado e assustou o goleiro Thiago Rodrigues. Mas foi praticamente a única boa chance dos donos da casa na primeira etapa. A equipe paulista até rondava a área, dava trabalho para a marcação, mas quando conseguia chutar, mandava para fora.

Já o Paraná pouco atacava. Errava muitos passes e dava uma certa liberdade para a criação do adversário. Tanto que na parada técnica, por conta do forte calor, o técnico Matheus Costa cobrou muito seus jogadores, principalmente no setor defensivo. Pediu mais atenção e cuidado. Um puxão de orelha que acabou dando certo. O time passou a sofrer menos e conseguia tocar mais a bola.

Tanto que no final do primeiro tempo o Tricolor chegou ao gol. Mas o lance não teve relação nenhuma com mudança tática ou pressão, mas sim com um erro da defesa do São Bento. Aos 41, o zagueiro Wesley tentou cortar o lançamento, mas errou o tempo da bola e deixou Fernando Neto arrancar sozinho para dentro da área. Cara a cara com o goleiro, o camisa 10 deu tapa na bola e marcou um golaço de cobertura.

Só que a vantagem no placar não mudou a postura do Paraná Clube, que voltou para o segundo tempo mais fechado e sendo pressionado pelo São Bento. Nos primeiros 20 minutos, o time paulista foi para cima e encurralou a equipe paranista na defesa. Só que, assim como na etapa inicial, os donos da casa dominavam, ameaçavam, mas não conseguiam finalizar com perigo real.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Mas de tanto insistir, uma hora o São Bento acertou. Aos 29, após cobrança de lateral, Fabricio Oya pegou da entrada da área, a bola desviu no zagueiro Wesley – o mesmo da lambança no gol do Tricolor – e matou o goleiro Thiago Rodrigues, que só ficou olhando ela morrer no fundo das redes.

Depois do empate, o jogo até ficou mais aberto, com os dois lados buscando o gol que, àquela altura, garantiria a vitória. Só que os ataques pouco produziram, desperdiçando as poucas oportunidades ao chutar pra fora.

No entanto, quando o empate parecia o placar final, Zé Roberto roubou a bola de Rodolfo e fez lançamento preciso para Minho, que invadiu a área sozinho e chutou na saída de Thiago Rodrigues, para definir a virada e a derrota paranista.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
1º Turno – 16ª Rodada

SÃO BENTO 2×1 PARANÁ CLUBE

São Bento
Gabriel Félix; Marcos Martins, Wesley, Joílson e Mansur; Fábio Bahia (Fabrício Oya), Vinícius Kiss e Rodolfo (Cafú); Paulinho Bóia, Caio Rangel (Minho) e Zé Roberto.
Técnico: Doriva

Paraná Clube
Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Fernando Timbó (Juninho); Luna (Jhonny Santiago), Luiz Otávio, Fernando Neto, João Pedro e Bruno Rodrigues; Jenison (Ramon).
Técnico: Matheus Costa

Local: Estádio Walter Ribeiro (Sorocaba-SP)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Gols: Fernando Neto, 41 do 1º; Fabrício Oya, 29, Minho, 48 do 2º
Cartões amarelos: Mansur, Marcos Martins, Wesley (SÂO); Luan, Fernando Timbó (PAR)
Público pagante: 2.380
Renda: R$ 21.250,00