O Paraná Clube deixou escapar a chance de se aproximar do G4 da Série B. Superior ao América-MG durante a maior parte do jogo, o Tricolor pecou em detalhes e, com o empate por 2 x 2, em Belo Horizonte, acabou a rodada estacionado na 7.ª colocação. A rigor, a situação do time de Dado Cavalcanti não sofreu alteração. Além de seguir na mesma posição, também se manteve a dois pontos da zona do acesso à Primeira Divisão. “Perdemos dois pontos”, cravou o zagueiro Anderson, logo após a partida de sexta-feira. “Tivemos o jogo nas nossas mãos, mas novamente faltou aquele poder de definição”, disse.

O jogo em si trouxe um ponto positivo, muito valorizado por Dado Cavalcanti. Diferentemente do que ocorrera em Itápolis e em Belém, o Paraná levou um gol e não se abateu. Recuperou o equilíbrio rapidamente e foi buscar a virada, nos gols de Lúcio Flávio (de falta) e Ricardo Conceição. “Em jogos passados, o time reagiu muito mal ao gol tomado. É um sinal de que estamos amadurecendo como equipe. Mas, é claro, ainda há muito a corrigir”.

Mesmo tendo visto um crescimento, o treinador admitiu que ofensivamente é preciso mais. “Já houve mais volume. Principalmente num comparativo com os outros jogos fora”, lembrou Dado. O setor ofensivo foi prioridade no Paraná ao longo de toda a intertemporada. A maioria dos trabalhos foi sempre voltada às finalizações e ao encaixe da dupla Léo e Paulo Sérgio. Na prática, apenas Léo apresentou boa desenvoltura em Belo Horizonte. O jogador chegou a sofrer um pênalti não assinalado pelo árbitro gaúcho Jean Pierre Gonçalves Lima. Já Paulo Sérgio, mais uma vez, esteve ausente do jogo.

Apesar da tentativa frustrada de ingressar no G4, o volante Édson Sitta não aponta esse detalhe como um grande problema. “O importante é essa consistência de jogo. Isso nos dá a confiança de que quando atingirmos a zona de classificação iremos nos manter por lá”, afirmou o jogador. “Conseguimos um empate fora de casa, contra um concorrente direto. Então, não dá pra ficar lamentando muito”, arrematou. Já o zagueiro Anderson avalia que o objetivo é fechar essas duas partidas fora – sábado encara o Avaí, em Florianópolis – com pelo menos 4 pontos ganhos. “Então, só nos resta vencer o Avaí”, emendou.