Quando a prefeitura de São Paulo decidiu decretar feriado municipal no dia da abertura da Copa do Mundo, alegou que a ação era necessária para evitar um caos no transporte da cidade. Mas Bélgica e Estados Unidos parecem não ter se atentado a isso quando marcaram um amistoso no mesmo dia, no CT do São Paulo, na Barra Funda, onde estão hospedados os norte-americanos.

O jogo porém, pode ser cancelado, segundo relevou o técnico da Bélgica Marc Wilmots. O treinador quer evitar o trânsito e o risco de uma longa viagem para seus atletas. Ele afirmou que entraria em contato com Jurgen Klinsmann, técnico dos EUA, ainda nesta quarta-feira, para discutir a situação.

“Não vamos assumir o risco de ir a São Paulo, uma vez que existe a possibilidade de muito trânsito. Não queremos ficar sentados em um ônibus por cinco horas”, disse. A Bélgica está hospedada em Mogi das Cruzes, na Região Metropolitana, e o caminho mais lógico para chegar até a Barra Funda passa pela Rodovia Ayrton Senna e pela Marginal do Tietê.