O médico Rubens Sampaio garantiu nesta quinta-feira que o meia Valdivia está completamente recuperado da fibrose na coxa esquerda que o atrapalhou durante boa parte do segundo semestre de 2010. De acordo com ele, o chileno realizou exames médicos detalhados que confirmaram a cicatrização da lesão. Além disso, o jogador não reclama de dores.

“Assim como os outros jogadores, o Valdivia passou por todos os exames, inclusive realizou uma ressonância magnética na coxa esquerda. A ressonância foi feita pelo Dr. Xavier Georges Raymond Stump, que é uma referência em radiologias que envolvem o sistema músculo esquelético. Esse último exame mostrou que a lesão está cicatrizada”, afirmou.

Apesar de Valdivia estar recuperado, o preparador físico Anselmo Sbragia evitou prever se o chileno irá participar do confronto entre Palmeiras e Botafogo de Ribeirão Preto, no Estádio do Pacaembu, em 15 de janeiro, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

“A escalação dele na estreia vai depender da evolução durante os treinos. Em cada treinamento ele vai dar uma resposta e, através disso, vamos ter um parâmetro maior para saber se ele poderá jogar. A partir da tarde desta quinta-feira vamos iniciar os treinos com bola e poderemos ter um retorno mais imediato da situação dele. À princípio, é cedo cravar alguma coisa”, explicou.

Sampaio disse que Valdivia não precisa realizar uma programação de treinamentos diferente da realizada pelo restante do elenco do Palmeiras. “Ele vai seguir os trabalhos de programação feitos pela comissão técnica e ter os cuidados necessários para um início de pré-temporada, assim como todo o elenco. Assim como boa parte do grupo, o Valdivia continuará fazendo exercícios de fortalecimento muscular, que são normais em começo de temporada”, comentou.