Poupado do jogo com a Austrália no sábado por causa de uma torção no tornozelo direito, o meia Oscar deve voltar à seleção brasileira na partida desta terça-feira contra Portugal, em Boston, nos Estados Unidos. Em compensação, outro desfalque está confirmado: o lateral-esquerdo Marcelo sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda na partida jogada neste sábado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, foi cortado após um exame de ressonância magnética constatar que não teria condição de enfrentar os portugueses e já está voltando para a Espanha, para se apresentar ao Real Madrid. Maxwell será o titular em Boston.

Oscar está confiante em retornar à seleção. “Todo mundo sabia que não era um jogo tão difícil assim (contra a Austrália). Se fosse um jogo importante, dava para jogar. Mas com dois dias a mais para tratar, é melhor”, disse.

Seu substituto no sábado, Ramires, também seu companheiro no Chelsea, da Inglaterra, foi um dos melhores jogadores em campo contra a seleção australiana. Oscar, porém, não se sente ameaçado. “Não só o Ramires foi bem, o time todo foi bem.”

A contusão de Oscar foi uma das cinco que atrapalharam o trabalho do técnico Luiz Felipe Scolari nesse fase de amistosos. Os outros quatro casos ocasionaram cortes de jogadores – o lateral-direito Daniel Alves, os atacantes Hulk e Fred e o lateral-esquerdo Marcelo.

Neste domingo a seleção faz seu primeiro treinamento em território norte-americano. A seleção viajou para Boston na noite deste sábado.