Depois das boas atuações contra o Ypiranga e o Caxias, pelo Gauchão, o meia Oscar, de apenas 19 anos, ganhou de vez a vaga de titular da equipe do Inter. Nesta quarta-feira, contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia, o ex-jogador do São Paulo substituirá o volante Wilson Matias para inaugurar uma nova formação colorada.

Precisando achar espaço para o jogador campeão sul-americano com a seleção brasileira sub-20, Celso Roth preferiu sacar Matias e escalar o time com dois meia-atacantes, servidos por três volantes bons também com a bola nos pés. Na frente, só Leandro Damião

O jogo pode valer a liderança do grupo 6 da Copa Libertadores para o Inter. O time gaúcho tem quatro pontos e precisa de uma vitória por qualquer placar para ultrapassar o Jaguares, do México, que tem seis pontos e um jogo a mais. Se empatar ou perder por menos de quatro gols de diferença mantém o segundo lugar. O Emelec, do Equador, é o terceiro, com quatro pontos, enquanto o Jorge Wilstermann é o lanterna, ainda sem pontos.

Para o jogo, os laterais Nei e Kleber e o volante Guiñazu voltam à equipe principal depois de terem sido poupados do jogo contra o Caxias, domingo, pelo Campeonato Gaúcho. Assim, o time deve ter: Lauro; Nei, Rodrigo, Sorondo e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Tinga, Oscar e Zé Roberto; Leandro Damião.