O técnico Dorival Junior utilizou nesta terça-feira grande parte do primeiro treinamento preparatório para o jogo contra o Cruzeiro – que será neste domingo, no estádio do Morumbi, na capital paulista – para ensaiar jogadas ofensivas e fazer os esboços da nova escalação. Logo após a derrota para o Bahia por 2 a 1, em Salvador, o treinador deixou claro que faria mudanças.

Dorival Junior não definiu o substituto do meia peruano Cueva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas testou algumas alterações importantes nesta terça-feira, no CT da Barra Funda. Na primeira parte do treino, ele escalou o meia Thomaz como armador. Além disso, colocou o garoto Brenner no lugar de Marcinho pelo lado direito. O campeão da Taça BH sub-17 entrou no final da derrota contra o Bahia e, nesta terça-feira, também conversou com o técnico e o auxiliar Lucas Silvestre.

Outro candidato ao lugar de Cueva é o meia Marcos Guilherme, que entrou em todas as partidas sob o comando do treinador. Depois de ter feito dois gols em sua estreia – a vitória de virada sobre o Botafogo, por 4 a 3 -, ele teve atuações razoáveis contra Coritiba e Bahia. Dorival Junior continuará fazendo testes em sua primeira semana cheia de treinamentos desde que assumiu o São Paulo.

O treinador terá problemas também para escalar a defesa, principalmente no setor direito. O lateral Bruno continua com dores nas costas, problema que o tirou da partida diante do Bahia, e não retomou os treinamentos. Araruna foi vetado por conta de um estiramento na coxa direita. Nesta terça-feira, Dorival Junior teve uma rápida conversa com o argentino Buffarini sobre posicionamento.