Em partida definida apenas na prorrogação, o Miami Heat conseguiu um importante resultado na final da Conferência Leste da NBA ao derrotar o Boston Celtics por 115 a 111, em casa. Assim, a equipe da Flórida abriu 2 a 0 na série melhor de sete jogos, que terá sequência na sexta-feira, com a disputa da terceira partida em Boston.

LeBron James marcou 34 pontos e obteve 10 rebotes, enquanto Dwyane Wade anotou 23 para o Heat, um a mais do que Mario Chalmers. Assim, a equipe da Flórida conseguiu conter a noite sensacional de Rajon Rondo. O armador atuou por 53 minutos, marcou 44 pontos, distribuiu 10 assistências e conseguiu oito rebotes para o Boston.

“Esta é uma equipa com determinação”, disse Wade sobre o Celtics. “Eles fizeram um grande jogo. Foi físico no começo. Nos apertaram. Isso não pode acontecer. Nos apoiamos no apoio dos torcedores para entrarmos na partida e jogarmos melhor”.

Na derrota de quarta-feira, Paul Pierce marcou 21 pontos para o Celtics, mas deixou a partida antes do fim por atingir o limite de faltas. Kevin Garnett também anotou 21 pontos, enquanto Ray Allen fez 13. Rondo somou 44 pontos ao converter 16 dos seus arremessos de quadra, incluído as suas duas tentativas de três pontos, e 10 de 12 tiros livres.

“Ele foi simplesmente fenomenal”, disse Doc Rivers, técnico do Celtics. “Ele carregou toda a equipe em muitas ocasiões. Tivemos muitas oportunidades para ganhar o jogo”, lamentou.

No quarto período, uma cesta de três pontos de Allen a 34,3 segundos do final empatou o duelo em 99 a 99. James, então, desperdiçou duas chances de dar a vitória ao Heat. O astro errou uma bandeja, pegou o rebote, voltou a arremessar, mas não conseguiu converter a sua tentativa, o que levou o duelo para a prorrogação. “Tivemos que lutar da maneira mais difícil”, disse Erik Spoelstra, técnico do Heat.

Apesar de ter falhado na tentativa de definir o duelo no último período, o Miami passou por momentos ainda mais complicados na partida, já que chegou a estar em desvantagem de 15 pontos durante o segundo período e de 11 no terceiro quarto, mas conseguiu se recuperar.

No início da prorrogação, a equipe voltou a ficar sob pressão quando James errou dois lances livres. A partir daí, a partida se tornou um duelo entre Rondo, que anotou todos os pontos do Celtics no tempo extra, e o Heat.

Quando faltava 1 minuto e 33 segundos para o fim da prorrogação, Rondo errou um arremesso e o Heat aproveitou para deslanchar no duelo, a partir de uma enterrada de Udonis Haslem, que levou a equipe a fazer 105 a 103. Haslem, aliás, terminou o jogo com 13 pontos e 11 rebotes. Assim, a vitória e a vantagem de 2 a 0 foi garantida pelo Miami.

O novo revés, porém, não desanimou o Boston. “Voltamos para casa”, disse Mickael Pietrus, do Celtics. “Nossos camisa será branca. Eles ganharam duas. Bom para eles. Mas vamos para a nossa casa e você sabe o que isso significa”.