No duelo entre duas gerações do tênis brasileiro, a mais experiente se deu melhor. Em partida realizada neste domingo, Ricardo Mello derrotou o jovem Rafael Camilo por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/1, ficando com o título do Challenger de São Paulo. Este é o 13.º título deste nível na carreira do campineiro, atual número dois do Brasil e dono da 76.ª colocação no ranking mundial. Com vitórias em quatro edições (2005, 2009, 2010 e 2011), ele é o recordista de taças no torneio.

Mello agora parte para a Oceania, onde a partir do dia 17 começa o Aberto da Austrália. Ele representará o Brasil na chave principal ao lado de Marcos Daniel e Thomaz Bellucci.