Maior promessa da base do América-MG, Matheusinho foi o nome do jogo contra o Santa Cruz nesta terça-feira. O meia de apenas 19 anos entrou no decorrer do segundo tempo e marcou um belo gol, garantindo a vitória ao time mineiro no estádio Independência por 1 a 0, pela nona rodada da Série B. O resultado afasta a equipe da zona do rebaixamento.

Com a vitória, o América-MG chega aos 13 pontos, se distanciando da parte de baixo da tabela e passando até a brigar pelo G4. Por outro lado, o Santa Cruz parou no mesmo número de pontos e perdeu a chance de terminar a rodada na zona de acesso, caindo para sexto.

Jogando em casa e precisando vencer para se afastar da zona do rebaixamento, o América-MG teve a partida sobre controle, mas esbarrou em Júlio César. Na primeira chance, Renan Oliveira tocou por cima do goleiro, que “tirou com os olhos”. Depois, porém, Júlio César fez duas boas defesas para garantir o placar zerado ao fim do primeiro tempo.

Na primeira, Renan Oliveira apareceu na entrada da área e chutou no canto, mas o goleiro se esticou todo para colocar para escanteio. No minuto seguinte, foi a vez de Luan arriscar de fora, e mais uma vez Júlio César pular para evitar o gol. Recuado, o Santa Cruz pouco fez e não criou nenhuma chance que ameaçasse João Ricardo.

O América-MG manteve o ritmo acelerado na volta do intervalo e, logo no primeiro minuto, quase marcou com Pará em duas oportunidades, mas o zagueiro Bruno Silva conseguiu desviar para escanteio. Na outra, o lateral errou o alvo. A resposta do Santa Cruz veio com Léo Lima, mas Thiago Primão não conseguiu aproveitar o passe para completar para o gol.

Apesar de passar mais tempo no campo de ataque, o América-MG não conseguiu traduzir a posse de bola em chances criadas. Bem postado, o setor defensivo do Santa Cruz conseguiu impedir as chegadas do time mineiro, que só arriscava de fora da área, sem perigo nenhum. Até que brilhou a estrela de Matheusinho aos 33 minutos.

O meia, que acabara de entrar no lugar de Renan Oliveira, pegou a bola no lado esquerdo, passou por dois marcadores e chutou rasteiro. Júlio César se esticou todo, mas não evitou o belo gol da promessa de apenas 19 anos. Com pouco tempo para empatar, o Santa Cruz se lançou ao ataque, mas o América-MG soube administrar para vencer a partida.

Dando sequência a Série B, o América-MG volta a campo na próxima sexta-feira, quando enfrenta o Luverdense no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, às 21h30. Já o Santa Cruz só joga no sábado, quando recebe o Figueirense na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, às 16h30. Os jogos são válidos pela 10ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

AMÉRICA-MG 1 X 0 SANTA CRUZ

AMÉRICA-MG – João Ricardo; Christian, Rafael Lima, Messias e Pará (Willian); Ernandes, Zé Ricardo e Renan Oliveira (Matheusinho); Hugo Cabral, Luan (Mike) e Bill. Técnico: Enderson Moreira.

SANTA CRUZ – Julio Cesar; Nininho (Kelvy), Jaime, Bruno Silva e Roberto; Elicarlos, Thiago Primão e Léo Lima; André Luís (João Paulo), Bruno Paulo e Halef Pitbull (Augusto). Técnico: Adriano Teixeira.

GOLS – Matheusinho, aos 33 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Dyorgines José Pandovani (ES).

CARTÕES AMARELOS – Bill e Renato Justi (América-MG).

PÚBLICO – 2.495 torcedores.

RENDA – R$ 9.497,00.

LOCAL – Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).