Carlos Bassan
Técnico caiu após nova derrota do Guarani.

São Paulo  (AE) – O Guarani-SP voltou a decepcionar os torcedores e foi derrotado por 4 a 1 pelo Marilia-SP ontem, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. A partida valeu pelo fechamento da 27.ª rodada do Brasileiro da Série B. Essa foi a 5.ª derrota seguida do time campineiro, que segue na zona de rebaixamento no 17.º lugar, com 30 pontos. Ao final do jogo, o técnico Barbieri, ex-Paraná Clube, pediu demissão.

Os visitantes quebraram um tabu de 19 jogos sem vencer fora de casa na Série B. A última vitória havia acontecido no dia 9 de julho de 2005, quando ganhou do Bahia por 2 a 0, em Salvador (BA).

O Marília assumiu a 8.ª posição, com 38 pontos, e entrou na briga pelo acesso, já que tem um jogo a menos do que os principais concorrentes.

O 1.º tempo foi bastante movimentado e as duas equipes criaram várias oportunidades. Apesar disso, o primeiro gol saiu apenas aos 35 minutos. O atacante Wellington Amorim aproveitou uma bobeada do zagueiro Danilo Silva e tocou para o meia Márcio Richardes, que abriu o placar para o Marília.

A reação do Guarani aconteceu ainda no 1.º tempo. Após cruzamento de Deyvid pela esquerda, o atacante Alex Afonso bateu de virada para deixar tudo igual, aos 42 minutos.

Na 2.ª etapa, bem que o Guarani tentou pressionar no começo, mas os visitantes chegaram à vitória na base dos contra-ataques. Logo aos nove minutos, o zagueiro Dedimar fez o segundo em um gol olímpico.

O terceiro gol aconteceu aos 33 minutos. O atacante Léo Mineiro aproveitou falha da defesa e acabou com as esperanças adversárias. Aos 45 minutos, Dedimar ainda fez o quarto gol, em cobrança de falta.

Na próxima terça-feira, às 20h30, o Guarani volta a campo para enfrentar o Atlético-MG, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Enquanto isso, o Marília receberá o Sport, no mesmo dia e horário, no Estádio Bento de Abreu.