Raul Plassmann não é mais o treinador do Londrina. Nesta segunda-feira, o ex-goleiro voltou a ser o diretor-técnico do clube, passando o cargo que acumulava ao supervisor Lico. É ele quem escala o time que encara o Santa Cruz, líder do Campeonato Brasileiro da Série B, às 20h30 de hoje, em Recife.

Lico, atacante campeão mundial pelo Flamengo, em 1981, ao lado de Raul, fica no posto até que Carlos Alberto Garcia, que ainda não descarta a hipótese de renunciar à presidência do alviceleste, anuncie um substituto. Os mais cotados são Aderbal Lana, ex-São Raimundo (AM), e Caio Júnior, ex-Cianorte.

Por ora, o Londrina tenta não repetir o vexame que deu na mesma Recife há duas terças-feiras quando foi goleado pelo Náutico, por 5 x 0. Em três jogos pela Série B, o Tubarão soma apenas o empate com o Avaí, por dois gols, no Café.

Sábado, no mesmo estádio, perdeu para o Brasiliense, por 3 x 0, e caiu para a vice-lanterna. Só a Anapolina (GO), com zero, é pior.

Lico veste o agasalho de treinador trocando várias peças. Na zaga, entra Rodrigo e sai Thiago Matias, tido como indisciplinado pelo supervisor; no ataque, Cahê já não sente mais dores no tornozelo e toma a vaga de Rafael; no meio-campo,Vagner, Jackson e Eduardo Neves disputam um lugar e Léo ganha nova chance. Por fim, na lateral-esquerda, troca-se o jogador, mas mantém-se a improvisação: o zagueiro Luís Henrique é o novo titular, deslocando o volante Germano para a sua posição original.

O adversário

O Santa Cruz venceu os três jogos que fez na Série B, sendo apenas um em casa: 2 x 0 no América Mineiro. Fora de Recife, os derrotados foram Joinville, por 4 x 1, e América potiguar, por 1 x 0. Contra o Londrina, o treinador Roberval Davino mantém a formação que ganhou o jogo de sábado passado, em Natal.

Santa Cruz x Londrina
Local:
Arruda, em Recife; Horário: 20h30; Árbitro: Marcelo de Lima Brás (PB); Assistentes:Elias Silva Almeida (PB) e Irani Pinto da Paz (PE).
Santa Cruz: Guto; Valença, Rovérsio e Roberto; Batata, Neto, Willams, Erivérton e Xavier; Dimas e Ailton. Técnico: Roberval Davino.
Londrina: Adir; Carlos Alberto, Fábio Carioca Rodrigo e Luís Henrique; Germano, Vagner (Jackson ou Eduardo Neves), Neném e Léo; Cahê e César. Técnico: Lico. Do site ww.futebolpr.com.br