Interino e à espera do novo chefe, Leandro Niehues preferiu falar sozinho na entrevista coletiva após a derrota para o Coritiba, ontem, poupando seus jogadores das explicações sobre a goleada. Na coletiva, ele não só reconheceu que o plano escolhido não deu certo, e que o Coritiba foi superior em campo, como não tirou a responsabilidade de seus atletas pela derrota. “Eu não quero dizer isso, mas eu não pedi pra eles jogarem atrás (…) A proposta era jogar no campo do Coritiba e não ficar esperando o time deles jogar. Infelizmente, não deu certo”, confessou

Lenadro Niehues espera utilizar a derrota como um indicador para que o clube encontre a melhor solução para não repetir os erros do 1.º turno, na fase final do Paranaense. Mesmo “dolorido” pela derrota, e apontando que vai tirar lições do tropeço, o treinador reconheceu a superioridade do rival e que há situações a serem resolvidas internamente ainda. “Tem que deixar claro que o momento do Coritiba é melhor. Não se pode fugir disso. Ele está em um momento melhor (…) Mas precisamos usar estas situações para ter um norte. Tive dificuldades, mas não cabe a mim passar isso para vocês. É coisa para conversar internamente”, frisou Niehues.