Os italianos não digeriram a saída de Ronaldo. Os torcedores da Internazionale mantiveram ações de protestos, tanto no treino do time como em mensagens enviadas a jornais e ao site oficial do clube milanês. Para os tifosi, o brasileiro teve comportamento de traidor.

Além disso, custou caro à Inter. Segundo La Gazzetta dello Sport, Ronaldo teria recebido do clube US$ 44 milhões em cinco temporadas. Metade desse período passou em recuperação de duas operações no joelho direito, com as despesas bancadas pelos milaneses. No total, marcou 59 gols, que teriam custado US$ 730 mil cada.

A transferência para o Real Madrid compensou, em parte, já que a Inter receberá pelo menos US$ 35 milhões, dinheiro suficiente para bancar despesas e também utilizado para a contratação de Crespo.