Depois de uma semana de negociações emperradas, o Grêmio Maringá anunciou mais quatro reforços. Dois são conhecidos do público paranaense: o goleiro Marco Antônio, que estava no Iraty, e o meia Felipe, vindo do Prudentópolis. Os outros, o lateral-esquerdo Matarazzo e o volante Pingo, vieram do Fluminense de Feira de Santana (BA).

Marco Antônio deixa o Iraty após cinco anos. Era ele o goleiro titular quando o Azulão foi campeão paranaense em 2002 – competição que não teve os grandes da capital. Este ano, o presidente do Iraty, Sérgio Malucelli, o responsabilizou pela derrota para o Prudentópolis, por 4 a 2, que eliminou o time no estadual.

“Tive toda a torcida a meu favor naquele episódio, pois ela sabe da minha competência”, disse, em Maringá.

Felipe, que tanto atua na marcação como na criação de jogadas, esteve nas cogitações do Paraná Clube. O meia do Prudentópolis chamou a atenção no Paranaense, nas semifinais contra o Paranavaí.

Os outros reforços, Pingo e Matarazzo, estiveram com o técnico Hugo Mattos no Fluminense baiano, em 2002, quando o time foi vice-campeão estadual.