O Goiás derrotou o Bahia por 3 a 1, na noite deste domingo, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 28ª rodada do Brasileirão. Foi a segunda vitória seguida do time goiano, que sobe para 40 pontos, ainda sonhando com vaga no G4 – o adversário baiano, por sua vez, segue com 36.

No primeiro tempo, o Goiás partiu para cima do Bahia e conseguiu abrir enorme vantagem, marcando seus três gols. Logo aos quatro minutos, Eduardo Sasha cruzou da direita e Hugo emendou para as redes, fazendo 1 a 0.

Aos 31 minutos, foi a vez do atacante Walter marcar, fazendo um golaço por cobertura. E aos 38, Eduardo Sasha aproveitou o rebote do goleiro Omar para fazer 3 a 0 para os donos da casa.

“Quando o nosso time joga com vontade, é difícil o Goiás perder”, comemorou Walter, ainda no intervalo. “Nosso time tem qualidade, mas agora é manter a pegada e a vontade de vencer”, completou.

O Bahia, cuja formação inicial não de certo, voltou para a etapa final com quatro jogadores no ataque. Mas a chance de reação praticamente acabou aos nove minutos, quando o lateral Neto foi expulso e deixou o time baiano com um a menos.

A partir daí, o Goiás tocou a bola e se acomodou em campo, só administrando a vantagem. O Bahia ainda conseguiu descontar aos 22 minutos, quando Souza tocou para William Barbio marcar o gol. Mas foi só.

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 3 X 1 BAHIA

GOIÁS – Renan; Vitor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Hugo (Dudu Cearense), Roni (Renan Oliveira) e Eduardo Sasha; Walter. Técnico: Enderson Moreira.

BAHIA – Omar; Neto, Titi, Lucas Fonseca e Raul; Diones (Souza), Feijão, Hélder e Wallison (Fabrício Lusa); Fernandão e William Barbio (Anderson Talisca). Técnico: Cristóvão Borges.

GOLS – Hugo, aos 4, Walter, aos 31, e Eduardo Sasha, aos 38 minutos do primeiro tempo; William Barbio, aos 22 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Raphael Claus (SP).

CARTÃO AMARELO – Thiago Mendes.

CARTÃO VERMELHO – Neto.

RENDA – R$ 138.090,00

PÚBLICO – 8.561 pagantes.

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).