Depois de dois anos, o atacante Leonardo está trocando o Coritiba pelo Atlético-MG. Os dois clubes chegaram a um acordo ontem e o artilheiro deve viajar hoje para se apresentar ao Galo, segundo informou o empresário do atleta, Carlinhos Sabiá. “Não posso dizer que já está fechado, porque o jogador ainda não assinou o contrato. Mas está bem adiantado. Entre o Coritiba e o Atlético está tudo certo, mas falta ainda acertar a parte do investidor, a LA Sports, mas acredito que não haverá problema nenhum”, disse ele ao Paraná Online.

A LA Sports, empresa parceira do Coritiba, detém 50% dos direitos econômicos de Leonardo. Os outros 50% pertencem ao Coxa. Segundo o empresário Luiz Alberto Martins de Oliveira, o acerto com a LA ainda não foi fechado e ele aguarda um contato do Atlético-MG. “Fui comunicado do acordo pelo presidente Vilson (Ribeiro de Andrade), do Coritiba, mais ainda falta sentar e conversar com a LA”, disse.

O jogador, porém, já se despediu e é aguardado no clube mineiro hoje para os exames médicos. O técnico Marcelo Oliveira disse ontem que já não conta mais com o atacante, mas se mostrou conformado. “Sinceramente, me surpreendeu a saída do Leonardo, mas não podemos condenar, porque há um grande interesse dele. Ele não ficaria satisfeito aqui, pela proposta que o Atlético fez”, disse o treinador à Rádio 98FM. Os valores da transação não foram divulgados. Extra-oficialmente, Leonardo deverá receber salário de R$ 140 mil no Atlético.

Leonardo chegou ao Alto da Glória em 2010, durante a disputa da Série B. Ele veio do Avaí, em acerto intermediado pela LA Sports. Foi um dos artilheiros do time no campeonato, com 8 gols, mas não manteve o mesmo desempenho no ano passado, quando sofreu uma série de lesões. Neste ano, foi emprestado por quatro meses para o Guangzhou, da China.

Substituto

O artilheiro era o único atacante de área disponível no elenco coxa-branca. Outro, Marcel, está retornando, após uma lesão, mas ainda não pode ser escalado. Assim, o clube está em busca de um substituto. Enquanto ele não chega, o Marcelo Oliveira terá escalar o time sem um jogador fixo na área.

Entre os nomes especulados estão o de Deivid, do Flamengo, e Zé Carlos, artilheiro do Criciúma.