O tenista gaúcho Franco Ferreiro, de 24 anos, conquistou nesta terça-feira, no Torneio de Buenos Aires, a vitória mais importante de sua carreira profissional. Número 192 do ranking, o brasileiro superou o espanhol Ivan Navarro, 74º, por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/4 e 6/2, após batalha de 2h06min.

O resultado coloca Ferreiro pela primeira vez na segunda rodada de um torneio de primeira linha do tênis mundial. Ele havia disputado esse tipo de competição apenas duas vezes anteriormente, e fora derrotado em sua estreia nas edições de 2003 e 2004 do Brasil Open.

Na partida contra Navarro, Ferreiro começou mal, e parecia ser presa fácil para o espanhol. Mas a partir da segunda parcial, o brasileiro começou a aproveitar melhor suas chances e jogou bem até quando teve o saque ameaçado.

Na próxima rodada, ele enfrentará o vencedor do confronto entre o argentino Eduardo Schwank, cabeça-de-chave 8 e o uruguaio Pablo Cuevas. A partida será sua quarta nesta semana – para chegar à disputa principal, ele passou pelos argentinos Alejandro Fabbri e Andrea Collarini e pelo também brasileiro Caio Zampieri no qualifying.

Ferreiro começou a carreira profissional em 2002, mas jamais se firmou nos torneios de primeiro nível. Disputando competições das séries Challenger e Future, ele conseguiu seu melhor ranking em agosto do ano passado, quando foi 136º.

O tenista gaúcho ficou famoso, também em 2008, por derrotar Gustavo Kuerten no último jogo do ex-número 1 no Brasil, pela segunda rodada do Challenger de Florianópolis. Depois dos resultados desta quarta, ele é o único brasileiro ainda vivo na chave principal de Buenos Aires – Thomaz Bellucci foi eliminado pelo espanhol Marcel Granollers, por 2 a 0, com duplo 7/5.