A Fifa anunciou nesta sexta-feira a revogação provisória da suspensão da Federação Nigeriana de Futebol, até o dia 26 de outubro. Com a medida, o país africano está liberado para atuar pelas Eliminatórias da Copa Africana de Nações, contra Guiné, neste domingo.

A entidade máxima do futebol mundial havia punido a federação nigeriana na última segunda-feira por interferências do governo, o que é proibido pela Fifa. Com isso, a Nigéria não poderia “ser representada em nenhuma competição regional, continental ou internacional, inclusive de clubes, e tampouco em partidas amistosas”.

No entanto, de acordo com a Fifa, a situação melhorou com a volta do secretário geral da federação ao seu cargo. Além disso, o governo teria parado de intervir em assuntos esportivos, o que fez com que a suspensão fosse revogada provisoriamente, até o final do mês.

“Contudo, se a Federação Nigeriana de Futebol ainda estiver envolvida em ações judiciais, ou qualquer outro problema que a impeça de trabalhar livremente nesta data [26 de outubro], a suspensão será automaticamente confirmada até que os problemas sejam definitivamente resolvidos”, informou a Fifa.