Ninguém festejou mais que ninguém na tarde de ontem, no Estádio do Café. Em confronto amistoso, como parte da pré-temporada do Flamengo no interior paranaense, o Londrina recebeu a equipe carioca e ficou no 0 x 0.

A partida serviu para literalmente testar os elencos das equipes. Nos dois lados, o que se viu foi um verdadeiro troca-troca de atletas, tendo em vista que o goleiro Renato, do Londrina, foi o único a permanecer os 90 minutos em campo.

Com a bola rolando, a equipe londrinense, composta por jogadores campeões do interior paranaense, da Copa Tribuna e do Estadual de Juniores pelo Iraty em 2010, não desapontou. Jogou de igual pra igual contra o Flamengo e só não venceu por uma defesa emblemática do estreante goleiro rubro-negro.

<Noticias Relacionadas>

Aos 23 da etapa inicial, depois de jogada rápida pela esquerda, Willian foi derrubado pela zaga flamenguista dentro da grande área. O próprio camisa 9 do Tubarão partiu para a cobrança, mas o flamenguista Felipe se esticou ao máximo para o lado esquerdo e defendeu a cobrança com a ponta dos dedos.

O lance deu gás ao Londrina, que assustou em pelo menos mais três oportunidades. Primeiro quando chegou a mandar uma bola na trave, depois quando a zaga rubro-negra impediu a abertura do marcador tirando uma bola cabeceada pelo alviceleste Silvio em cima da linha e, por fim, em boa defesa de Paulo Victor, que entrou no segundo tempo.

No lado rubro-negro, apesar das tentativas de Willian, Vander e Deivid, o goleiro Renato se mostrou atento para realizar belas defesas.

Terminada a partida, mesmo com a falta de um vencedor, tudo tranquilo entre os torcedores que foram ao Estádio do Café. Londrinenses e flamenguistas, que assistiram a partida lado a lado, puderam voltar pra casa felizes. Os donos da casa por poderem ver o Tubarão fazendo bonito em campo, depois de seis meses adormecido, enquanto os “visitantes”, muitos deles da região onde ocorreu a partida, por poderem ver o time do coração ao vivo pela primeira vez na vida.