O volante Felipe Melo, do Palmeiras, não poupou de críticas nesta terça-feira nem mesmo o clube do qual é torcedor e onde começou a jogar, o Flamengo. Durante a apresentação como jogador do time paulista, ele criticou um dirigente da equipe carioca que publicou no Twitter uma indireta sobre a recusa do atleta em ser contratado.

O agora palmeirense comentou não ter gostado das mensagens publicadas por Antonio Tabet, vice-presidente de comunicação do Flamengo e humorista do site “Kibe Loco” e do canal no YouTube “Porta dos Fundos”. Tabet publicou na rede social semanas atrás uma crítica a um jogador, o qual não citou o nome, que dizia amar ao clube, mas pediu R$ 1 milhão em salário para negociar.

Ao tratar do assunto durante a entrevista coletiva, Felipe Melo errou o cargo de Tabet e irritou outro dirigente do Flamengo. “Nessa janela não houve nenhum interesse, nenhuma procura, nenhuma oferta. E sinceramente, é difícil acreditar que o Flamengo tem um vice-presidente de marketing, que possa soltar piada no Twitter para fazer o torcedor acreditar que o jogador é, como ele colocou, uma p…”, reclamou.

“Ele como vice-presidente de é um ótimo piadista. Até vejo os vídeos dele no Youtube e dou risada. Eu sou flamenguista, mas hoje sou palmeirense. É o Palmeiras que está colocando comida na minha casa”, disse Felipe Melo, que atuou no time principal do Flamengo entre 2001 e 2003.

Após o erro no cargo de Tabet, que na verdade é vice de comunicação, o titular do marketing do Flamengo, Daniel Orlean, pediu cautela do jogador ao citar os nomes. Felipe Melo retrucou: “Sou burro para não entender a diferença, mas pensei que fosse inteligente para saber que não era com você”.