O Palmeiras já não tem grandes pretensões no Campeonato Brasileiro e terá uma equipe formada por reservas no domingo, contra o Atlético Mineiro. Mas, apesar do aparente ar de desimportância, a partida pode ser decisiva para parte do elenco. Preocupado com o planejamento de 2011, o técnico Luiz Felipe Scolari já antecipou que o confronto pode definir a permanência de alguns jogadores.

Na escalação, nomes como Leandro Amaro, Rivaldo, Ewerthon e Dinei precisam provar que têm condições de seguir no Palmeiras. Há também jovens jogadores, como Luís Felipe, Bruno Oliveira e Patrik, que buscam se firmar de vez no time principal.

“Essa partida pode decidir a permanência de alguns atletas para 2011, e eles sabem disso. Em treino, é comum, simples e fácil fazer qualquer tipo de avaliação. Quando se enfrenta grandes equipes, é preciso mais superação e a partir dai é que eles demonstrarão se podem permanecer ou não”, antecipou Felipão.

“É um jogo importante para eles. Não se esqueçam que o Atlético-MG veio com um time reserva contra a gente e se esforçaram ao máximo”, lembrou o treinador, referindo-se ao jogo válido pela Copa Sul-Americana. “O nosso time também terá essa chance, e são poucas as oportunidades que surgem na vida.”