A seleção norte-americana masculina de basquete comprovou as expectativas, nesta segunda-feira, e garantiu uma vaga nas quartas de final do Mundial da Turquia com extrema tranquilidade. Em partida disputada em Istambul, a equipe de Kevin Durant dominou Angola do início ao fim e venceu por 121 a 66.

O resultado manteve a invencibilidade dos Estados Unidos na competição, que venceram seis partidas – a menor vantagem foi justamente sobre a seleção brasileira, de apenas dois pontos. Agora, aguardam o vencedor do confronto entre Rússia e Nova Zelândia, que se enfrentam também nesta segunda-feira.

Apesar da fácil vitória norte-americana, o cestinha da partida foi o angolano Joaquim Gomes, com 21 pontos. A seleção africana ainda não contou com Olímpio Cipriano, lesionado, um dos grandes destaques da equipe no Mundial.

Pelos Estados Unidos, Chauncey Billups foi o principal destaque com 19 pontos, seguido por Kevin Durant, Rudy Gay e Eric Gordon, todos com 17. Lamar Odom e Derrick Rose fecharam com nove pontos cada.

O massacre norte-americano começou a ser desenhado logo no primeiro quarto, quando o placar terminou em 33 a 13. Angola ainda buscou equilibrar o jogo nas duas parciais seguintes e perdeu por pouco menos, mas os Estados Unidos voltaram mais incisivos no quarto final, ganharam por 30 a 10 e asseguraram o impressionante triunfo.