enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Estádios para Copa 2014 estão com obras atrasadas

  • Por Felipe Lessa

Apenas um dos 12 estádios da Copa do Mundo 2014 ficará pronto a tempo para o torneio, se mantido o ritmo atual das obras. Essa foi a constatação de um levantamento realizado pela revista Veja, que colocou a Arena da Baixada entre os três palcos do Brasil para a competição em situação mais grave, pela inexistência de investimentos para a conclusão.

O local com obras mais avançadas até o momento é o Castelão, em Fortaleza, apontado como “único estádio cujo ritmo da execução orçamentária está adequado”.

Em sequência aparecem Fonte Nova, em Salvador, prevista para novembro de 2015; Arena Pernambuco, com a conclusão prevista pela revista para o mês seguinte; Beira-Rio, em Porto Alegre, para fevereiro de 2017; e Arena Pantanal, em Cuiabá, para agosto do mesmo ano.

Cerca de dez anos depois da Copa, no mês de maio de 1924, é o tempo previsto para a Arena Amazônia, em Manaus. O Mineirão, um dos primeiros a iniciarem os preparos visando o torneio, tem conclusão indicada para abril de 2020.

No ano seguinte, em outubro, espera-se que o Estádio Nacional, em Brasília, fique pronto. Por fim, o Maracanã, no Rio de Janeiro, tem conclusão estimada para março de 2038.

Arena da Baixada, em Curitiba, Arena das Dunas, em Natal, e o estádio do Corinthians, em São Paulo, sem investimentos até o momento, conforme o levantamento, não ficarão prontos se levar em consideração o ritmo das obras.

A primeira das cinco razões para o atraso indicada pela revista Veja foi a escolha política das sedes. “Para agraciar o maior número de compadres, o Comitê Organizador Local convenceu a Fifa a escolher doze cidades-sede para a Copa no Brasil, quando apenas oito seriam suficientes”, relata o texto.

Os outros fatores indicados são a inexistência de órgão com poder de fiscalização, projetos malfeitos, falta de cumprimento de questões contratuais e “corpo mole”. Apesar dos atrasos, uma possível solução para o impasse é aguardada para o dia 31 de maio. Em Brasília, a presidente Dilma Rousseff irá se reunir com lideranças políticas dos 12 estados indicados como subsedes da Copa do Mundo 2014.

Ignacio Ferreira/Divulgação
Maracanã: segundo levantamento, estádio fica pronto em 2038.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas