Na expectativa da semifinal contra o Al Hilal, da Arábia Saudita, os torcedores do Flamengo que foram mais cedo nesta terça-feira ao estádio Khalifa International, em Doha, no Catar, puderam ver um grande jogo na disputa pelo quinto lugar do Mundial de Clubes da Fifa. Na primeira partida da rodada dupla do dia, o Espérance, da Tunísia, goleou o local Al Sadd por 6 a 2 e conquistou o posto em sua despedida da competição.

Com os times pouco preocupados em exercer uma marcação mais forte, as oportunidades foram aparecendo aos montes e os gols vieram em grande quantidade. Especialmente no primeiro tempo, no qual o clube tunisiano, ajudado pela expulsão do zagueiro Abdelkarim Hassan, do Al Sadd, foi para o intervalo vencendo por 4 a 1.

O grande destaque do jogo foi o meia Hamdou Elhoun, autor de três gols – sendo dois na primeira etapa. Anice Badri também brilhou ao balançar as redes por duas vezes, uma em cobrança de pênalti, e Sameh Derbali fechou a goleada do Espérance. Pelo Al Sadd, os gols saíram em duas penalidades máximas convertidas por Baghdad Bounedjah, no primeiro tempo, e por Hassan Al Haydos, no segundo.

O quinto lugar serve de consolação para o Espérance, que em sua estreia contra o Al Hilal foi derrotado por 1 a 0, no último sábado, pelas quartas de final. O time tunisiano repete, assim, o desempenho obtido na edição do ano passado do Mundial.

Do outro lado, o Al Sadd disputou três partidas neste Mundial. A estreia, no último dia 11, foi com vitória sobre o Hienghène, da Nova Caledônia, por 3 a 1, depois de empatar por 1 a 1 no tempo normal. O resultado positivo o credenciou para enfrentar o Monterrey, do México, nas quartas de final, mas saiu derrotado por 3 a 2, no último sábado.

FICHA TÉCNICA

AL SADD 2 x 6 ESPÉRANCE

AL SADD – Meshaal Barsham; Abdelkarim Hassan, Jung Wooyoung, Tarek Salman e Ali Assadalla; Hassan Al Haydos, Baghdad Bounedjah, Hamid Khaleefa (Pedro Miguel) e Gabi (Salem Al Hajri); Boualem Khoukhi e Akram Afif (Hashim Ali). Técnico: Xavi Hernández.

ESPÉRANCE – Moez Ben Cherifia; Kwame Bonsu (Raed Fadaa), Anice Badri, Ibrahim Ouattara (Taha Khenissi) e Ilyes Cheti; Khalil Chemmam, Fousseny Coulibaly, Sameh Derbali e Hamdou Elhouni; Ali Ben Romdhan (Abdelraouf Benguit) e Abdelkader Bedrane. Técnico: Chaabani Mouine.

GOLS – Hamdou Elhouni, aos 6 e aos 42, Anice Badri, aos 13 e aos 25 (pênalti), e Baghdad Bounedjah (pênalti), aos 32 minutos do primeiro tempo; Hassan Al Haydos (pênalti), aos 4, Hamdou Elhouni, aos 29, e Sameh Derbali, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO – Não houve.

CARTÃO VERMELHO – Abdelkarim Hassan (Al Sadd).

ÁRBITRO – Abdelkader Zitouni (Fifa/Taiti).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Khalifa International, em Doha (Catar).