Atual campeã do mundo, a seleção da Espanha fez mais uma vítima nesta sexta-feira. Depois de levar um susto, os espanhóis venceram a Lituânia por 3 a 1, no Estádio Helmantico, em Salamanca, e assumiram a liderança do Grupo I das eliminatórias da Eurocopa de 2012.

Mesmo com um jogo a menos, a Espanha alcançou a primeira colocação ao chegar aos seis pontos na tabela, à frente da República Checa, que apresenta a mesma pontuação, mas tem saldo de gols inferior. Em terceiro lugar, a Lituânia soma os mesmos quatro pontos da Escócia.

A Espanha entrou em campo desfalcada de Xavi, Fernando Torres e Fábregas, todos machucados. Iniesta e David Silva assumiram a armação do time no meio-campo, enquanto David Villa e Llorente comandaram o ataque.

Mas o setor ofensivo mostrou dificuldades no primeiro tempo, com muitas chances desperdiçadas. A mais incrível delas foi protagonizada por Villa, que, sozinho na pequena área, conseguiu acertar a trave no final da etapa.

A rede só balançou no início do segundo tempo. Llorente, de cabeça, abriu a contagem logo aos 2 minutos. Mas a Lituânia surpreendeu e empatou a partida logo na sequência, com gol de Sernas.

Os espanhóis reagiram rapidamente e voltaram a liderar o placar três minutos depois, em nova cabeçada de Llorente. Aos 34, David Silva também acertou a cabeça para selar a vitória dos anfitriões.

Ainda nesta sexta, a República Checa bateu a Escócia por 1 a 0, em casa. Os checos se igualaram em pontos com os espanhóis, mas apresentam um jogo a mais na chave.