Dois jogos finalizaram ontem a penúltima rodada do primeiro turno da Segundona Paranaense. A 9ª – e última – rodada está programada para a próxima quinta-feira, com cinco jogos. Com o Paraná já tendo assegurado a título desta etapa, a briga é pelo melhor índice técnico e por um distanciamento da zona do rebaixamento. E, nessa luta contra o descenso, o Serrano conseguiu importante resultado ao derrotar o Grêmio Maringá (2×1), em Prudentópolis. Já em Maringá, Grêmio Metropolitano e Cincão não foram além de um empate (1×1).

O Cincão foi ao estádio Willie Davids precisando da vitória para recuperar a vice-liderança, pedida para o rival Júnior Team. Porém, o time do técnico Gilberto Papagaio foi surpreendido logo aos 9 minutos. Thiago Henrique, de pênalti, marcou o gol do Metropolitano, na estreia do técnico Richard Malka. O empate só veio no segundo tempo, também aos 9 minutos, com Rogerinho. Com o 1×1 o Cincão segue em 3º e o Metropolitano não consegui se distanciar da zona da degola.

No estádio Newton Agibert, o Serrano fez a lição de casa e abriu distância do Grecal, lanterna da Segundona. Após um primeiro tempo sem gols, o time de Prudentópolis abriu o placar aos 16 minutos da segunda fase. Carreta fez a jogada e e tocou para Fumaça, que bateu cruzado e não deu chance para o goleiro Leandro. Pouco depois, aproveitando o descontrole do Maringá, o Serrano ampliou. Canela, aos 22 minutos, mandou no ângulo e fez 2×0.

Sem forças para reagir, o Maringá se complicou com a expulsão do zagueiro Rafael Silva. Mesmo assim, encontrou forças para diminuir, com Carlos Eduardo, aos 35 minutos. Só que no fim o Galo perdeu a cabeça e mais dois jogadores foram expulsos.