De volta ao comando do Vasco após uma cirurgia para a retirada da vesícula, o técnico Joel Santana falou com a imprensa pela primeira vez depois do susto nesta segunda-feira. Bem-humorado como sempre, se mostrou “de bem com a vida” e exaltou o momento do clube carioca, que mesmo com o empate diante do Bragantino, na sexta-feira, subiu uma posição e agora é o terceiro colocado na Série B, com 48 pontos.

“No futebol não é só treinamento, tem que estar todo mundo alegre, todo mundo feliz, pra você conseguir o objetivo final, que com muita dificuldade nós conseguimos. No final da rodada nós até festejamos muito, porque das equipes que estavam com a gente, quem não empatou, como a Ponte Preta, perdeu, como Avaí e Joinville. E o Ceará encostou, temos que ficar de olho nele”, comentou.

Após a cirurgia, Joel treinou o Vasco no domingo e nesta segunda. O técnico, no entanto, não embarcou com a delegação para São Paulo porque precisava passar por uma consulta médica no Rio. Com isso, atrasou sua viagem para o duelo contra a Portuguesa, nesta terça, no Canindé.

Mesmo diante de um adversário que vive situação crítica e ocupa apenas o penúltimo lugar na tabela, com 21 pontos, ele espera bastante dificuldade. “É um jogo mais difícil ainda pela posição do nosso adversário”, garantiu.

Para o confronto, Joel deve começar a partida com Lucas Crispim no ataque e Fabrício no meio. No gol, Martin Silva, convocado para a seleção do Uruguai, vai desfalcar a equipe. Jordi entra em seu lugar. O atacante Thalles também não poderá atuar. Estará a serviço da seleção sub-20. Vai ser na vaga dele que Joel optará, provavelmente, por Lucas Crispim.