Contratado durante a temporada, o meia Cueva viveu seus primeiros meses no futebol brasileiro em 2016. No São Paulo, rapidamente se tornou um dos principais nomes da equipe, o que mostrou sua rápida adaptação. E neste fim de ano, o jogador peruano fez um balanço bastante positivo de seu início no clube paulista.

“Pessoalmente, tive uma grande temporada, inclusive na seleção. Mas também dependo dos meus companheiros para ter um bom desempenho. Por isso sempre destaco o coletivo primeiro. Meus companheiros são grandes pessoas e me ajudaram muito desde o começo. Estou muito feliz no São Paulo, me sinto bem aqui e espero que o próximo ano seja de grandes conquistas”, declarou ao site do clube.

Cueva fez questão de elogiar o elenco são-paulino e a recepção que teve no clube. Ele explicou que até se surpreendeu com o ambiente entre os jogadores e disse que se sentiu entrando em uma “família”.

“Creio que foi um ano difícil, mas que ainda assim contou com momentos bonitos. Passamos por algumas dificuldades, mas mesmo assim o grupo se manteve unido, como uma verdadeira família”, afirmou. “E isso foi o que mais me tocou em 2016, independentemente de qualquer boa atuação individual. Assim, esperamos que 2017 seja melhor para a nossa equipe, e acredito que será assim.”

O único fato lamentado pelo jogador foi a temporada sem títulos do São Paulo. Mas para 2017, o otimismo é grande, principalmente por causa da chegada do novo técnico, Rogério Ceni. “Teremos o Rogério Ceni, que é um grande líder, e trabalharemos em dobro para conquistar títulos”, projetou.