O Vasco entrou em acordo com o Cruzeiro e conseguiu a liberação do meia Pedro Ken para o jogo entre as duas equipes, marcado para sábado, no Maracanã, pelo Brasileirão. O clube mineiro detém os direitos econômicos do atleta e poderia vetar a participação dele na partida. Mas o campeão antecipado abriu mão disso, autorizando a escalação vascaína com o jogador.

Com a decisão, o Vasco foi tomado nesta terça-feira por uma onda de otimismo. Pedro Ken era o mais contente e treinou com entusiasmo. Ele tem sido um dos jogadores mais regulares do time na temporada, embora algumas vezes tenha irritado a torcida com erros de passe e lentidão na saída de bola. Mas esses casos foram extensivos a quase todos do elenco. Só mesmo Juninho Pernambucano escapou dos protestos da torcida vascaína pela péssima temporada – a luta, neste momento, é para evitar o rebaixamento no Brasileirão.

“O Pedro Ken é o jogador mais regular do Vasco neste ano. Mesmo com as críticas, manteve seu desempenho no time. Essa é a opinião de todos aqui, dos jogadores e da comissão técnica. Ele foi quem mais atuou no ano, é experiente e muito importante para este momento de dificuldade, e com certeza vai nos ajudar bastante contra o Cruzeiro”, disse o volante Wendel, que o substituiu no empate com o Corinthians, no último domingo, quando Pedro Ken estava suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo.