O novo presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, reuniu a imprensa ontem, no estádio Couto Pereira, para expor o planejamento para o triênio 2012-2013-2014. Sem mudanças drásticas, o dirigente e seus companheiros de diretoria querem manter a proposta que já vem norteando o clube nos últimos dois anos: ampliar as conquistas esportivas, melhorar o patrimônio, com estádio e novo centro de treinamento, além de estreitar a ligação com a torcida. Confira:

Estádio

“Se tivermos um investidor e ele atender os interesses financeiros do Coritiba, e o Coritiba não abre mão, ótimo. Se não acontecer, o Coritiba vai investir no Couto Pereira, no término do estádio, na melhoria interna, no encadeiramento de todo o estádio e melhoria das cabines de rádio, incluindo a cobertura da Mauá.”

Equipe

“A grande busca é ter um time mais competitivo, mas focado para que a gente consiga ter uma campanha melhor do que a gente teve. Claro que no campo tem que ter muito trabalho e muita dedicação, mas estamos otimistas que vamos ter um time competitivo.”

Organizadas

“Eu tenho um respeito e admiração muito grande pela Império e acho que agora há esse entendimento que eles existem para servir a instituição. Mas quando a organizada confunde que é maior que o clube, aí ela é problema. Mas como eu acho que ela está entendendo que existe para ajudar o clube temos condições de abrir um canal de comunicação inteligente e honesto.”

Treinador

“Eu estou conversando com o Marcelo Oliveira pessoalmente. Tivemos duas reuniões. Não posso dizer que ele vai ser o nosso treinador, mas diria que as chances são enormes de ele continuar conosco.”

Reforços

“Temos um time base e não vamos abrir mão. Vamos reforçar por setores e que talvez com quatro contratações a gente tenha um time muito competitivo. A nossa política é de ir reforçando cada vez mais o nosso time dentro das condições do clube e, principalmente, com jogadores bem avaliados dentro e fora de campo.”